terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Gincanas para Clubes de Desbravadores



Buscando auxiliar os clubes de Desbravadores pelo Brasil e, lógico, focando minha missão pessoal de promover as atividades de colecionismo entre os desbravadores, resolvi postar algumas dicas sobre gincanas.

Se a diretoria do clube realmente quiser, é possível organizar o programa anual em forma de gincanas. Quem experimentar, por favor, poste aqui como foi para divulgarmos mais nossas ideias.

a) Organizando o programa anual em gincanas:

Uma gincana por trimestre, quadrimestre ou semestre (não faça uma gincana anual, pois ficaria muito longa e perderia a graça e a animação da turma).

Após montar o programa anual básico, divida os períodos conforme indicado antes, em quadrimestres, por exemplo, portanto um total de três gincanas ao longo do ano.

Escolha um tema para cada gincana, conforme as atividades principais previstas no programa do período. Então comece a montar a lista de atividades da primeira gincana. Intercale os tipos de atividades para trazer mais dinamismo e animação, colocando prazos adequados para realização dos itens (entregue logo as metas mais demoradas e relembre ao longo de toda a programação).

Importante organizar toda a diretoria para a gincana. Ninguém consegue fazer uma obra grande sozinho. Lembremo-nos dos conselhos bíblicos sobre trabalho em equipe e o exemplo supremo de Jesus em escolher aliados (discípulos).

Após o término do programa da gincana, avalie o trabalho que será dado às unidades, o empenho que deverão ter para a realização e pense num prêmio compatível com esta avaliação. É muito frustrante se empenhar por fazer algo realmente difícil e ganhar um brindezinho insignificante. Portanto, escolha a premiação com cuidado, ela é um importante fator, não o principal, mas ajudará a demonstrar o quanto a
liderança considera fundamental este trabalho (pode ser um prêmio principal para cada participante da unidade campeã, um cantil ou mochila, por exemplo, e prêmios de consolação para todos os demais participantes, como uma lanterna ou algo de valor mais simbólico).

Prêmios de uso direto com o clube de desbravadores são duplamente vantajosos, pois seus desbravadores vão se alegrar com o prêmio e a diretoria terá um clube cada vez melhor equipado (pense em: mochila, barraca, canivete, cantil, banqueta, lanterna, cabo solteiro, kit de cozinha, bússola, faca, boné, machadinha, livros e revistas).



b) Sugestões sobre atividades de gincanas:

A seguir vou apresentar algumas sugestões para as atividades das gincanas. Cada atividade deverá ser detalhada para evitar dúvidas e as pontuações deverão ser claras para cada atividade proposta. Ideal que as pontuações máximas possam ser alcançadas por todas as unidades, reduzindo o sentimento de competitividade entre os grupos.

1 – Atividades para Internet / Computador

- Se o clube tem site, uma boa é criar atividades no site para realização na gincana. O site do clube deve ser um endereço que os desbravadores queiram entrar sempre e que esteja na lista de favoritos de todos eles. Infelizmente percebemos pela internet que muitos sites de clubes estão abandonados e totalmente sem atualização. Uma gincana, portanto, é uma boa oportunidade para aumentar o fluxo de acessos do site do clube e criar o hábito nos desbravadores de visitar o site.

- Outra atividade online é que cada unidade crie o próprio blog. A diretoria deverá definir o mínimo de itens que cada blog de unidade deverá ter (exemplo: história da unidade, membros da unidade, logo / símbolo da unidade, foto da unidade e muito mais).



2 – Atividades Bíblicas / Espirituais

- Toda a programação de sábado, incluindo classe bíblica, pode entrar na programação da gincana. Assim, as atividades bíblicas podem se tornar mais animadas aumentando a participação da turma.

- A unidade pode receber a missão de dirigir um culto jovem ou uma escola sabatina.

- Vários concursos bíblicos podem ser criados, podendo ser concursos do ano bíblico ou concursos focados na realização das Classes Progressivas.

3 - Atividades Esportivas / Lúdicas

- A diretoria pode programar um domingo recreativo ou um dia inteiro de atividades aquáticas (piscina). O mais importante é definir pontuações que todos possam alcançar e não atividades muito competitivas, dadas as diferenças de idades dos participantes, sexo e quantidade de membros por unidade.

- Caso o clube seja grande, com muitas unidades completas, pode-se organizar um evento mais competitivo, como uma olimpíada do clube.

4 – Atividades na Natureza

- O clube pode organizar uma caminhada da natureza, onde os participantes deverão buscar atender uma lista de requisitos (coletar uma semente de determinada cor, uma pena, uma folha de terminado formato, uma pedra lisa, e assim por diante). Pode-se também fazer uma atividade de sinais de pista.

- Pode-se organizar um acampamento de unidades (cada unidade cozinhando seu próprio alimento e cada unidade sendo responsável por uma atividade, como hastear bandeiras, culto, música entre outras).

5 – Atividades de Colecionismo / Museu

- A diretoria deverá optar por criar uma grande coleção (museu) para o clube com as coleções vindas das unidades (um único tipo de coleção com diversos temas) ou várias coleções diferentes por unidade (diversos tipos de coleções diferentes).

- O clube pode sortear tipos ou temas para as coleções de cada unidade, ou dividir temas por afinidade (cada unidade discutindo e definindo o que quer colecionar).

- Após a definição do tipo / tema de coleção que cada unidade fará, cabe à diretoria criar uma lista de itens que cada unidade deverá atender para ganhar pontos na gincana. Importante colocar um prazo para atendimento dos itens e ressaltar que todos os itens deverão ser adquiridos para a unidade de forma permanente (não poderá ser empréstimo). A diretoria já deve pensar em um local para organizar os museus das unidades (ou museu do clube).

Exemplos de requisitos por tipo de coleção:

Biblioteca: Uma bíblia antiga (mais de “tantos” anos de impressa), um livro religioso em outra língua, uma revista “Nosso Amiguinho” antiga (mais de “tantos” anos de impressa), uma lição da escola sabatina antiga ou em outra língua, e assim por diante.

Minerais: Um número mínimo de minerais e rochas diferentes, uma coleção de areias de lugares diferentes, um fóssil, um cristal, uma das pedras preciosas da lista de fundamentos da cidade santa (em Apocalipse), e por aí vai.

Filatelia: Um selo nacional antigo (mais de “tantos” anos), uma quantia mínima de selos diferentes, uma quantia mínima de selos estrangeiros diferentes ou determinada quantidade de lugares diferentes, uma coleção temática com um número mínimo de selos, e assim por diante.

Numismática e Notafilia: Uma moeda antiga (mais de “tantos” anos), uma quantia mínima de moedas e notas diferentes, uma quantia mínima de moedas e notas estrangeiras diferentes, entre outros itens.

Outras coleções: telecartofilia (cartões telefônicos), conquiliologia (conchas), botânica (sementes, folhas e flores), zoologia (ossos, dentes, penas e animais taxidermizados), cultural e histórico (trajes típicos e objetos antigos, documentos e fotos antigas), modelismos (trens, barcos, bonecos de plástico), e muitos outros tipos de coleções e museus.

A diretoria deverá criar listas para cada grupo / unidade com um mesmo grau de dificuldade e a mesma pontuação.

6 – Outras Atividades para a Gincana

É óbvio que numa gincana de duração não muito longa (3 ou 4 meses, por exemplo) não será possível ter muitas atividades diferentes, mas para organizar várias gincanas, as diretorias terão de pensar em diversas atividades diferentes, por isso segue uma lista com várias outras atividades que podem ser implementadas:

- Organização da Gincana: Cada desbravador da unidade ter uma camisa ou boné da unidade para a gincana (como um segundo uniforme de atividades, por unidade).

- Ecológica: plantar árvores, realizar a limpeza de um rio ou uma praia, uma campanha de reciclagem.

- Civismo / Ordem Unida: Participar de um desfile cívico. Apresentar uma evolução.

- Música: Compor uma música para a unidade ou clube, ou para o tema da gincana.

- Teatro: Apresentar uma peça teatral no culto jovem ou acampamento.

- Social: Organizar uma reunião social.

- Solidariedade: Arrecadar alimentos, roupas e brinquedos para ASA local (Ação Solidária Adventista).

- Artesanato: Cada unidade ser encarregada de criar artesanato com materiais pré-definidos (podem ser materiais de reciclagem ou podem-se cumprir determinadas especialidades).

- Feira de Unidades: Esse pode ser um evento muito interessante dentro de uma gincana, com a participação da igreja e dos pais e familiares dos desbravadores. Você pode encontrar dicas sobre feira de Desbravadores aqui mesmo no blog.

- Tarefas surpresa e provas-relâmpago: Uma dose de surpresa é sempre legal, mas a surpresa deverá ser para os participantes e não para a diretoria, então planeje com antecedência.

Bem, agora mãos à obra. Imprima este tópico e leve para a reunião da diretoria do clube. Apresente a ideia e comecem a montar o programa.

Se for fazer a primeira gincana do clube, escolha atividades não muito complicadas e intercale atividades de baixo empenho com outras de trabalho mediano. Com o passar do tempo e o hábito de organizar o programa do clube em gincanas, os desbravadores vão se acostumando e terão condições de realizar atividades mais complexas e as gincanas do clube poderão se tornar realmente memoráveis.

Saudações cordiais e sempre avante!

Não se esqueça de comentar aqui no blog as suas ideias e também pode enviar email para danielnegrini.ml@gmail.com.

3 comentários:

  1. Olá, muito construtivas as suas dicas, estamos iniciando uma gincana agora dia 24/02/13 e com certeza vamos utilizar as suas ideias! Só queria um favor, se você tiver como nos mandar dicas de aberturas e encerramentos de gincanas para o clube ficamos gratos! Abraço.. Diretora do CLUBE LUZEIROS DO MUNDO-Central de Cruz Alta-RS Effane Soraia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Soraia.
      Obrigado por acompanhar o blog. Vou criar um post atendendo seu pedido.
      Sempre avante!

      Excluir
  2. Bom dia aos irmãos do blog. Na verdade quero pedir um auxilio de vocês, pois minha igreja aqui no Amazonas, cidade Tefé, estão propondo que eu seja o diretor geral do clube de desbravadores, porém eu não tenho muita experiencia, quero materiais de como dirigir as reuniões normais e regras comuns de um clube de desbravadores. Assim terei mais noção para fazer um trabalho melhor para a honra e glória de Deus. Cleberson!

    ResponderExcluir